Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

Câmara Municipal avalia estado das árvores da Praça e da Feira
publicado a 23 de maro de 2018

A Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso começou, na manhã de 22 de março, a realização de um estudo de avaliação do estado biomecânico e fitossanitário das árvores da Praça Engº Armando Rodrigues e do Campo da Feira, na Vila Povoense. Ao todo, são cerca de 100 as árvores daqueles dois recintos que serão analisadas.

Esta será a primeira fase deste projeto que se prevê vir a realizar todos os anos, em árvores municipais, distintas em regime de rotatividade. O objetivo é determinar o risco que possam constituir para a segurança de pessoas e bens.“Nesta Autarquia, temos uma preocupação ambiental permanente e damos a maior importância às nossas árvores. Por esse motivo, realizamos este investimento até para termos árvores saudáveis e seguras e um melhor ambiente”, refere o Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Avelino Silva.

Para tal, este estudo recorre à avaliação visual e auditiva e, sempre que necessário, a técnicas da resistografia e da tomografia axial computorizada, avaliando-as, também, se se justificar, em altura. No final deste processo, será produzido um relatório final, com portfólio e recomendações de intervenção. Para já, em cada uma das árvores está também a ser colocado um elemento identificativo das mesmas.

Rascunho automático 123

Esta avaliação está a ser realizada por uma empresa externa especializada, contratada pelo Município para esse efeito. O estudo está a ser orientado pelo especialista Serafim Riem, que, para além de ter participado em 1985 na fundação da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, apadrinhou o nascimento de diversas organizações ligadas à defesa da biodiversidade, como a FAPAS – Fundo para a Proteção dos Animais Selvagens, e a Sociedade Portuguesa de Arboricultura.