Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso

Granfondo Póvoa de Lanhoso – RP/ Boavista com asas para voar
publicado a 1 de Junho de 2018

A 1ª Edição do GranFondo Póvoa de Lanhoso – RP/Boavista, organizado pelo Município da Póvoa de Lanhoso e o Boavista Ciclismo Clube, contou com a participação de 140 ciclistas que percorreram um percurso de 115Km, com um cenário de sonho, mítico, em pleno coração do Minho, muito elogiado pelos participantes.

O Vereador do Desporto do Município da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues, arrancou com o dorsal nº 46, e concluiu o percurso “com o sentimento de grande satisfação”, referindo que foi apresentado “um evento de qualidade, um percurso com um cenário magnífico, organização de excelência que se traduziu em rasgados elogios pelos participantes. Estão criadas todas as condições para futuras edições. A parceria com o Boavista Ciclismo é para continuar. Conseguir através do desporto, envolver a comunidade, é um objetivo”.

O diretor desta organização, José Santos, também referiu a continuidade desta parceria. “Apesar de não termos um grande pelotão, nem por isso o Granfondo da Póvoa de Lanhoso passou despercebido, com os participantes a elogiarem globalmente o evento. Temos possibilidade de fazer melhor em 2019, numa parceria que queremos manter com a Câmara da Póvoa de Lanhoso. Não queria deixar passar em claro o apoio da edilidade e de alguns patrocinadores da equipa de ciclismo do Boavista, com realce para a FirstBike, uma empresa da região”.

A primeira edição do GranFondo Póvoa de Lanhoso – RP/Boavista teve como principal objetivo apresentar um evento de qualidade, de forma a projetar no futuro, na Póvoa de Lanhoso, um ponto de encontro de amantes do ciclismo de competição e de lazer, num misto de convivência entre ambos, que tanto carateriza o espírito deste tipo de realizações desportivas.

Na organização estiveram envolvidas cerca de 50 pessoas: sete motards, dez viaturas oficiais, três carros de apoio mecânico, um carro do médico, duas ambulâncias, uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Póvoa de Lanhoso e uma da Delegação da Cruz Vermelha da Póvoa de Lanhoso, uma força policial da GNR com 10 motos e uma viatura, e o secretariado de responsabilidade da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso. Ao longo do percurso foram colocados dois postos de abastecimento, e um no final, bem como um posto mecânico fixo, sensivelmente a meio do percurso.